quarta-feira, 24 de fevereiro de 2010

Add-Ins para Inventor (4) - Screenshot

O plugin 'Screenshot' é uma forma fácil e rápida de obter imagens a partir do Inventor. Este add-in pode ser obtido gratuitamente no site 'Autodesk Labs', funciona nas versões 2008, 2009 e 2010, 32 ou 64 bits.

Depois de instalado, o add-in insere a função 'Screenshot' no separador 'Tools'. Depois de clicar nessa função, abre-se uma janela de opções. A imagem capturada pode ser registada na área de transferência do computador, gravada como um ficheiro JPG, PNG, BMP, GIF ou TIF ou impressa directamente.

Este add-in pode ser descarregado a partir do site Autodesk Labs ou directamente aqui.

M&M Engenharia Industrial, Lda - Parceiro Certificado Autodesk para a Indústria.

terça-feira, 23 de fevereiro de 2010

Teclas de atalho no Autodesk Inventor

Uma forma rápida de trabalhar no Inventor é aceder a cada uma das funções utilizando os atalhos do teclado. No Inventor existem duas formas diferentes de utilizar as teclas de atalho.

- Utilizando a tecla 'ALT'

Este método permite navegar entre separadores e exibe graficamente as teclas de atalho, não sendo por isso necessário saber-se essa informação de antemão.

Ao carregar durante um segundo na tecla 'ALT' são-nos mostradas em primeiro lugar as teclas de atalho para cada um dos separadores do 'Ribbon': 'M' para 'Model', 'N' para 'Inspect', 'T' para 'Tools', 'G' para 'Manage', 'V' para 'View', etc.


Ao pressionar uma destas teclas, activamos o separador correspondente e automaticamente são-nos mostradas, junto a cada um dos ícones, as teclas de atalho para todas as funções desse separador, alguns destes atalhos são uma sequência de duas teclas.



- Acesso directo

Sem utilizar a tecla 'ALT', existe um conjunto primário de teclas de atalho. Este método não permite navegar entre os separadores do 'Ribbon' e exige alguma aprendizagem, no entanto permite trabalhar de forma muito rápida.

Algumas das teclas ou combinações de teclas de acesso directo a funções do separador 'Model' do 'Ribbon': 'S' para 'Create Sketch', 'E' para 'Extrude', 'R' para 'Revolve', 'Ctrl+Shift+L' para 'Loft', 'Ctrl+Shift+S' para 'Sweep', 'H' para 'Hole', 'F' para 'Fillet', 'Ctrl+Shift+K' para 'Chamfer', etc.

sexta-feira, 19 de fevereiro de 2010

Empresas que utilizam Autodesk Inventor (13)

IFundada em 1980 e baseada na Califórnia, a Jayco especializou-se no desenvolvimento de produtos de interface para dispositivos de base tecnológica. Os seus produtos incluem interruptores de membrana, teclados, ecrãs tácteis e painéis de controlo.


Estes interfaces podem ser integrados numa infinidade de produtos: controlos remotos, dispositivos médicos, consolas de aeronaves, etc. Sendo assim, constituem componentes personalizados, desenvolvidos à medida para se integrarem em produtos de terceiros.
Projectar para este tipo de mercado obriga a um esforço contínuo de projecto, sob as exigências dos prazos definidos pelo cliente para o lançamento dos seus produtos. A ferramenta de eleição da Jayco para responder a este desafio é o Autodesk Inventor.
Hemant Mistry, CEO da Jayco, afirma que o recurso à Prototipagem Digital utilizando o Inventor tornou o processo de desenvolvimento de produto duas vezes mais rápido.
Os ganhos são notáveis em termos de tempo e recursos, o facto de os produtos poderem ser ensaiados e validados tanto geometricamente como em termos de resistência, coloca de parte a necessidade de executar vários protótipos reais. Dependendo da complexidade do produto em causa, este pode mesmo passar directamente do Protótipo Digital à série final.
Mais informação sobre os produtos da empresa no site da Jayco.

segunda-feira, 15 de fevereiro de 2010

Ligação aparafusada no Autodesk Inventor (Bolted Connection)

Como ferramenta avançada de Prototipagem Digital, o Inventor permite mais do que simular ligações aparafusadas, permite também calcular e realizar o dimensionamento correcto dessas ligações para que o protótipo digital seja de facto funcional.


Para criar uma ligação aparafusada de forma semi-automatizada é necessário, em primeiro lugar, juntar as peças a ligar num ficheiro .iam. Os furos deverão estar alinhados e as faces entre as peças encostadas.

Em ambiente de edição de conjunto, no separador 'Design', na área 'Fasten', clicar em 'Bolted Connection'. A janela 'Bolted Connection Component Generator' apresenta três separadores:

- No Separador 'Design', podemos escolher o local de colocação da ligação aparafusada, os planos que definem o início e o fim da ligação, o tipo de rosca e o diâmetro do parafuso a utilizar.

- No separador 'Calculation' podemos introduzir os valores das cargas reais a que a ligação vai estar sujeita e obter as dimensões dos parafusos a utilizar, bom como o número de parafusos a aplicar.

- O terceiro separador, 'Fatigue Calculation' permite fazer o cálculo da fadiga relativamente às dimensões definidas anteriormente.

Para proceder à criação de uma ligação aparafusada deve começar-se por utilizar a ferramenta de cálculo e introduzir os valores essenciais: força axial máxima e força tangente. Podem introduzir-se outros valores como o factor de aperto ou o factor de fricção da ligação. Os outputs essenciais desta ferramenta são a validação de um diâmetro de parafuso de ligação e o número de parafusos a aplicar. Outros dados são relativos às forças de aperto.
video

quarta-feira, 10 de fevereiro de 2010

Personalizar Legendas no Autodesk Inventor (2)

A legenda e a margem dos desenhos técnicos do Inventor podem ser personalizadas.

No exemplo demonstrado, partimos de um desenho técnico criado a partir do template ISO.idw.

Para aplicar uma margem diferente é necessário apagar primeiro a margem existente. No painel 'Model', clica-se com o botão direito do rato sobre 'Default Border' e selecciona-se 'Delete'.


Depois expande-se o item 'Drawing Resources', clica-se com o botão direito do rato em 'Default Border' e selecciona-se 'Insert Drawing Border'.

Na janela 'Default Drawing Border Parameters' indicam-se o número de subdivisões horizontais e verticais e as respectivas legendas em formato alfabético ou numérico.

Para editar a legenda, clica-se com o botão direito do rato em 'ISO' no painel 'Model' e selecciona-se 'Edit Definition'. O Inventor insere a legenda num ambiente de 'Sketch' para edição. Os procedimentos para desenhar linhas e inserir imagens são similares à edição de 'Sketches' noutros ambientes do Inventor.


Para que apareçam de forma automatizada propriedades da peça no desenho, é necessário criar campos de texto. Na janela 'Format Text', na lista 'Type' selecciona-se o grupo de propriedades, na lista 'Property' selecciona-se a propriedade a inserir.

Depois de terminada a edição da legenda, esta pode ser guardada com um nome diferente e passará a constituir uma nova legenda.

Simulação de Soldadura no Inventor

Para além de construir de forma automatizada estruturas de tubos ou perfis estandardizados, o Inventor simula o processo de soldadura dos mesmos. Uma ferramenta importante para auxiliar este processo é o 'Weld Calculator'. Esta ferramenta de cálculo permite dimensionar correctamente as soldaduras em função das cargas a que o conjunto soldado vai estar sujeito no projecto real.

Em primeiro lugar criam-se as peças e constrói-se o conjunto, colocando-as na posição em que deverão ser soldadas. O cálculo deve ser feito nesta altura, antes de se fazer a simulação da soldadura.

Ao expandir o comando 'Weld Calculator' verifica-se que podem ser efectuados os cálculos para 10 situações de soldadura diferentes. Neste exemplo vai utilizar-se a opção 'Fillet Weld Calculator (Spatial)' que melhor corresponde ao caso demonstrado.


Na Janela 'Fillet Weld (Spatial Load) Calculator' são solicitados vários dados para o cálculo:

- No campo 'Weld Form' selecciona-se a forma do cordão de solda.

- Na opção 'Weld Loads' pode definir-se em que sentido são aplicadas cargas (sentido axial, perpendicular, paralelo, torção no plano perpendicular ou no plano paralelo), podem seleccionar-se várias opções em simultâneo para corresponder à situação real.

- Nos campos 'Loads' indicam-se os valores específicos para essas cargas.

- Nos campos 'Dimensions' indicam-se as dimensões do cordão de solda, é nesta área que se deverão testar várias configurações.


Finalmente, ao clicar em 'Calculate' podemos obter os resultados. Os resultados apresentados dependem das opções em 'Weld Loads' e neste caso são os seguintes: tensão máxima por unidade de área, altura mínima para o cordão de solda, tensão tangencial máxima, tensão normal total (axial), tensão total resultante (acção de vários vectores).


A validade dos resultados é dependente do valor da tensão de cedência do material de soldadura, os valores são mostrados a vermelho se não estiverem em conformidade.

Depois do cálculo efectuado, clicando em 'Results', os resultados são exportados para um ficheiro .html.


Pode de seguida fazer-se a simulação da soldadura, com base nos resultados obtidos.
video

segunda-feira, 8 de fevereiro de 2010

Análise de tensões no Autodesk Inventor (3)

O ambiente de 'Stress Analisys' do Inventor constitui uma interface simplificada para análise do estado de tensão e deformação de peças e conjuntos pelo método dos elementos finitos.

Por defeito a aplicação de cargas ou encastramentos está limitada às áreas em que se divide a superfície da peça (No Inventor estas áreas são definidas pela transição de superfícies do tipo G0 e G1 - arestas e tangentes).


Acontece, na maior parte das vezes, que essas superfícies não delimitam as zonas reais de aplicação de cargas ou encastramentos e pode ser necessário executar a subdivisão das mesmas para se obter uma simulação realista.
No exemplo abaixo demonstrado, utilizou-se a função 'Split' para subdividir a superfície da peça que se pretendia analisar. A função 'Split' requer que se criem planos de trabalho.


Depois de subdividida a superfície do sólido, já é possível isolar as zonas da peça a encastrar e as zonas sobre as quais se deverão aplicar cargas.


Este procedimento permite recriar um ambiente de análise que corresponde o melhor possível às condições reais de trabalho da peça.

sexta-feira, 5 de fevereiro de 2010

Planificação de chapa (8)

As funções 'Unfold' e 'Refold', introduzidas na versão 2010 do Autodesk Inventor, permitem fazer o desdobramento temporário e o redobramento de uma peça em chapa. Uma das finalidades principais é a obtenção de uma zona plana sobre a qual se podem executar operações que não seriam possíveis estando a peça dobrada. A peça apresentada foi construída através da transição entre dois 'Sketches'. Nesta peça, o Autodesk Inventor identifica quatro dobragens que podem ser desdobradas individualmente


No exemplo apresentado, a função 'Unfold' é utilizada com a finalidade de ilustrar o processo de dobragem.


Criaram-se várias versões da mesma peça sequencialmente desdobrada. Essa informação foi introduzida num desenho técnico e utilizada para criar a seguinte animação.
video

quinta-feira, 4 de fevereiro de 2010

Planificação de chapa (7)

Sendo a ferramenta mais capacitada do seu segmento para projecto e planificação de chapa quinada, o Autodesk Inventor permite múltiplas formas de abordagem à modelação deste tipo de material.

Na peça apresentada, cada uma das quatro abas quinadas em torno do quadrado central foi obtida por um processo diferente.
Inicialmente obteve-se o quadrado central utilizando-se a função 'Face' a partir de um 'Sketch'.


No primeiro caso utilizou-se a função 'Flange'. Esta função permite a construção de abas quinadas, introduzindo-se o comprimento e o ângulo das mesmas. Podem aplicar-se abas sucessivas e pode controlar-se a direcção e a forma como estas são geradas a partir de uma aresta.


No segundo caso utilizou-se a função 'Fold'. Esta função permite dobrar uma extensão de chapa em torno de uma linha de 'Sketch' na superfície da mesma. Para o efeito, acrescentou-se ao quadrado inicial uma face em chapa, sobre a qual se criaram duas linhas de 'Sketch' para dobragem.


No terceiro caso utilizou-se a função 'Extrude'. Mais utilizada na modelação de 'Standard Parts' do que em peças de chapa, esta função permite a criação de volume tridimensional a partir de uma linha de 'Sketch' fechada. Neste caso, a linha utilizada correspondia à secção da aba. O 'Sketch' foi obtido espelhando-se a projecção da aba oposta.


No último caso utilizou-se a função 'Contour Flange'. A função 'Contour Flange' permite gerar peças ou partes de peças em chapa a partir de uma linha simples de 'Sketch'. Através da função 'Contour Flange', o Inventor dá à linha o volume correspondente à espessura da chapa e executa as quinagens utilizando o raio de quinagem pré-definido.


Os diferentes processos de modelação deram origem a formas semelhantes, sendo a peça planificável.


Integração Inventor – Excel (3)

No vídeo apresentado abaixo, pode ver-se um projecto no qual se associaram parâmetros de dimensionamento e construção das peças e do conjunto a um ficheiro Excel.

No caso das peças, os parâmetros controlam a espessura da chapa e as dimensões altura, largura e profundidade. No caso do conjunto, os parâmetros controlam o número de prateleiras e de reforços da porta.

Sempre que os parâmetros são alterados na tabela Excel, o Autodesk Inventor faz a reconstrução de todas as peças e do conjunto de forma muito rápida.

Uma possibilidade altamente produtiva deste conceito seria o preenchimento desta tabela Excel através de um formulário online. Desta forma, um hipotético cliente poderia solicitar produtos à sua medida, sendo o projecto realizado de forma automatizada.

video

segunda-feira, 1 de fevereiro de 2010

Integração Inventor – Excel (2)

O caso apresentado demonstra a optimização paramétrica do projecto de uma estante em madeira. Neste projecto foram utilizados vários recursos interessantes do Inventor:


- Gestão dos parâmetros do projecto através de uma folha Excel.

- Personalização da lista de materiais (inserção de várias categorias de MDF).

- Personalização das propriedades das peças de modo a incluir os dados largura, comprimento e área bidimensional.


Em primeiro lugar, foi criada uma tabela Excel, na qual constavam os parâmetros que se pretendiam gerir.
Seguidamente, os parâmetros de dimensionamento de todas as peças foram ligados a este ficheiro Excel.


Este procedimento, sendo bastante fácil permite que um projecto seja altamente valorizado, uma vez que passa a representar uma infinidade de variações do mesmo projecto.
Toda a documentação técnica, estando associada aos modelos 3D é automaticamente actualizada sempre que se efectuam alterações.


Neste caso, o fabricante faz os orçamentos a partir da área bidimensional das peças (comprimento x largura). Através da associação das iProperties aos parâmetros da peça e da personalização da lista de peças nos desenhos de conjunto, é possível incluir esta informação na documentação técnica do projecto.