sexta-feira, 29 de outubro de 2010

Visualizadores gratuitos para ficheiros do Inventor

Para que qualquer pessoa possa visualizar ficheiros do Inventor, a Autodesk oferece duas soluções, ambas distribuídas gratuitamente a partir do site da Autodesk.

A solução mais conhecida é o Autodesk Design Review. O projectista que pretender partilhar dados com outros intervenientes no processo de desenvolvimento de produto (produção, marketing, compras, cliente, etc.) deverá criar um ficheiro .DWF que poderá conter várias peças e conjuntos do Inventor, desenhos técnicos e listas de peças. A informação das propriedades da peça também fica registada neste ficheiro. Um aspecto importante é a possibilidade de se fazerem anotações com vista à correcção do projecto.

Outra possibilidade, quando não existe um ficheiro .DWF e é necessário ver o conteúdo de um ficheiro do Inventor, é a utilização do Autodesk Inventor View. Esta aplicação permite abrir todos os tipos de ficheiros gerados no Autodesk Inventor (.IPT, .IAM e .IDW).

quarta-feira, 27 de outubro de 2010

Skill Builders - Aprender Inventor gratuitamente online

Sabemos que o Autodesk Inventor é fácil de aprender e utilizar. O programa traz consigo recursos de aprendizagem que, quando bem explorados, permitem que utilizadores sem qualquer experiência consigam fazer projectos no Inventor em pouco tempo.

Como se isso não bastasse, a Autodesk proporciona recursos de formação gratuitos. É o caso dos 'Skill Builders' que se podem encontrar neste link.


Os 'Skill Builders' cobrem praticamente todas as funções do Autodesk Inventor Professional e são de vários tipos: exercícios descritos passo a passo, alguns com 'datasets' para download, vídeos, documentos .PDF, etc.

O mais interessante é que tudo isto é gratuito e acessível a qualquer visitante do site www.autodesk.com sem a necessidade de fazer qualquer registo.

M&M Engenharia Industrial, Lda - Parceiro Certificado Autodesk para a Indústria.

terça-feira, 26 de outubro de 2010

Alterar o ângulo da vista em perspectiva no Inventor 2011

A capacidade avançada de visualização é uma das características do Inventor que não se encontra noutras aplicações. Para obter uma imagem verdadeiramente fotorrealista, deve utilizar-se a vista em perspectiva. Para mudar de vista ortogonal para vista em perspectiva: seleccionar 'Perspective' na área 'Appearance' do separador 'View'. Por defeito, a vista em perspectiva do Inventor é muito semelhante à do olho humano.

O Inventor dá-nos ainda a possibilidade de editar qual o ângulo da perspectiva. Um ângulo mais acentuado cria um efeito visual mais dramático, semelhante a uma lente grande ângular, um ângulo menos acentuado cria uma imagem muito rígida.


Para alterar o ângulo da perspectiva, basta utilizar o comando 'Zoom' (roda do rato) em conjunto com a tecla 'Ctrl'.

O ângulo mais baixo é equivalente à perspectiva isométrica, o ângulo mais alto assemelha-se ao efeito de uma lente grande angular de cerca de 20mm.


M&M Engenharia Industrial, Lda - Parceiro Certificado Autodesk para a Indústria.

quarta-feira, 20 de outubro de 2010

Projecto de conjunto no Inventor LT sem 'Assembly'

O Inventor LT apresenta funcionalidades notáveis, este facto é realçado especialmente se tivermos em conta que a versão LT custa 1/5 do preço da versão Professional.
Na seguinte demonstração vemos como é possível projectar, dimensionar e simular a mobilidade de uma montagem mecânica sem recurso a um ficheiro do tipo 'Assembly' (.IAM).

As funcionalidades que vamos explorar para este efeito são a criação de 'Blocks' em ambiente 'Sketch', a possibilidade de dividir uma peça em vários 'Solid Bodies' e a função 'Make Part'.

Utilizando o Inventor LT começámos por criar um 'Sketch' que contém as linhas que servirão de base às peças tridimensionais do conjunto, neste caso vamos esboçar os componentes básicos de um motor. Foram criados 'Blocks' para isolar as peças móveis e permitir a simulação do movimento. Esta possibilidade de mover o 'Sketch' permite dimensionar rigorosamente, o conjunto tendo em conta a mobilidade do sistema.


Um pormenor interessante é a possibilidade de importar para o 'Sketch' um ficheiro .DWG mantendo a informação dos 'Blocks' conforme criados no AutoCAD, isto permite reutilizar desenhos 2D e simplificar o trabalho.

O passo seguinte é a criação dos componentes tridimensionais a partir do 'Sketch' que deverá ser partilhado. Quando executamos uma operação de criação de forma no Inventor ('Extrude', 'Revolve', 'Chamfer', 'Fillet', etc...) temos a opção de criar um 'New Solid' e ainda a opção de seleccionar o 'Solid' sobre o qual a operação vai actuar. É esta funcionalidade que nos vai permitir criar vários 'Solid Bodies' dentro de um único ficheiro .IPT, sendo ainda possível aplicar acabamentos diferentes a cada um deles para obter uma representação fotorrealista.


Em qualquer altura podemos retomar a edição do 'Sketch' inicial. Estando esse 'Sketch' partilhado, podemos mover as linhas e fazer o 'Update' do projecto para ver a actualização instantânea dos componentes em movimento.

Para finalizar o projecto, recorrendo à função 'Make Part' (área 'Layout' do separador 'Manage') criamos peças individuais a partir de cada 'Solid Body' a fim de executar os desenhos técnicos.

Este processo representa o aproveitamento máximo das capacidades do Inventor LT, demonstrando que utilizando esta aplicação de baixo custo se pode fazer projectos com alguma complexidade.

O vídeo seguinte apresenta o procedimento acima descrito.

video

M&M Engenharia Industrial, Lda - Parceiro Certificado Autodesk para a Indústria.

segunda-feira, 18 de outubro de 2010

Prototipagem rápida ou impressão 3D a partir do Inventor

A prototipagem rápida é uma tecnologia que se torna cada vez mais acessível ao projectista comum.
As tecnologias de impressão 3D permitem a criação de modelos tridimensionais de vários tipos e materiais, alguns apenas para visualização, outros suficientemente resistentes para servirem como produto final.

A Autodesk desenvolveu há já algum tempo, para o Inventor, a possibilidade de exportação de ficheiros .STL - o formato standard para estereolitografia ou mais vulgarmente 'impressão 3D'.
Na versão 2011 do Autodesk Inventor, e mesmo na versão LT, a preparação da impressão 3D está mais optimizada.

No Inventor, estando uma peça aberta no ambiente de modelação, a par da opção 'Print', existem agora as opções 'Send to 3D Print Service' e '3D Print Preview'.


Se seleccionarmos a opção 'Send to 3D Print Service', o Inventor apresenta-nos as opções de exportação do formato .STL. Depois de guardar o ficheiro, o Inventor direcciona-nos para este site dentro do domínio Autodesk.com.
Aqui poderemos encontrar links directos para dois fornecedores de serviços de impressão 3D credenciados pela Autodesk. Temos a informação dos respectivos custos e alguns recursos adicionais sobre impressão 3D.


Dentro dos sites de cada um dos fornecedores podemos explorar opções adicionais e formulários para envio dos nossos ficheiros.

Se seleccionarmos a opção '3D Print Preview', o Inventor dá-nos a possibilidade de explorar as várias opções de optimização do formato .STL e pré-visualizar qual será o aspecto da peça impressa.


Além destas opções, se o utilizador tiver à sua disposição alternativas próprias para impressão 3D, bastará optar por guardar a peça no formato .STL (Save Copy As). As opções apresentadas relativamente à qualidade e optimização da peça são exactamente as mesmas.
M&M Engenharia Industrial, Lda - Parceiro Certificado Autodesk para a Indústria.

sexta-feira, 15 de outubro de 2010

Logopress3 BLANK - planificação de peças estampadas em Autodesk Inventor

O Logopress3 BLANK é um Add-In certificado pela Autodesk para o Inventor 2010 e 2011 (32 e 64 bits) que permite realizar uma aproximação teórica rigorosa à planificação (blank) de peças estampadas utilizando o método dos Elementos Finitos.

Uma vez que o Autodesk Inventor possui tradutores para praticamente todos os formatos 3D (Solid Works, STEP, SAT, Pro Engineer, Parasolid, NX, JT, IGES, IDF, Catia, Alias, Rhyno, DXF, DWF, e DWG), utilizar o Logopress3 BLANK em conjunto com o Inventor permite ao projectista de ferramentas progressivas trabalhar com dados de qualquer origem sem problemas de compatibilidade.


As funções-chave do Logopress3 BLANK associado ao Inventor são as seguintes:

- Trabalhar com dados nativos ou importados
- Trabalhar sobre sólidos ou superfícies
- Gerir a espessura do material
- Personalizar a base de dados de materiais
- Definir a 'área inicial de estampagem'
- Definir a 'direcção de estampagem'
- Definir áreas, vértices e pontos bloqueados
- Obter dados sobre a variação de espessura
- Obter dados sobre a tensão e deformação

A utilização deste Add-In é bastante simples, sendo acessível ao projectista comum:

- Em primeiro lugar a peça a analisar deverá ser aberta ou importada para o Inventor, pode passar-se de imediato para o separador Logopress3 que aparece integrado no Ribbon do Inventor. Para melhores resultados devem fechar-se furos existentes na peça que na realidade sejam feitos depois da estampagem.
- Para calcular a planificação da peça, clica-se em 'Blank for formed part'
- Na janela 'Logopress3 Blank' pode escolher-se a direcção da estampagem, podem bloquear-se faces, pontos ou vértices, ou restringir a deslocação dos mesmos em X ou Y.


- Nesta mesma janela podemos definir a espessura (no caso de se tratar de uma superfície) e o material. A Base de Dados de materiais original tem bastantes opções, é ainda possível adicionar materiais personalizados.
- O rigor da malha de Elementos Finitos também pode ser controlado, bem como a tolerância das curvas de contorno da peça.
- Para a aplicação realizar o cálculo, clica-se em 'Compute', o tempo de cálculo depende do número de elementos na malha.
- Terminado o cálculo, a janela 'Logopress3 Blank' exibe os resultados no separador 'Analisys and Simulation'
- Nesta área podemos ver a previsão da peça planificada e a animação da deformação em vários modos:

       Blank - Peça planificada
       Mesh - malha de Elementos Finitos
       Strain - escala gráfica de deformação
       Stress - escala gráfica de Tensão
       Thickness Variation - variação de espessura
       Contour points mapping - visualização da deslocação dos pontos de contorno


- Clicando em 'Ok', o software gera a planificação da peça como um sólido típico do Inventor. Se o original era uma superfície, o resultado final é uma peça plana em chapa com a espessura especificada. Se o original era um sólido, o resultado será um ficheiro IPT com dois 'Solid Bodies' sendo um a peça final e o outro a peça planificada.

Em resumo, o Add-In Logopress3 Blank integrado no Inventor funciona de forma bastante estável e gera informação essencial para auxiliar projectistas de ferramentas progressivas.

Site do Logopress3 BLANK para Inventor.
Neste link pode consultar um vídeo de demonstração.
O vídeo seguinte mostra o processo conforme descrito acima.

video

M&M Engenharia Industrial, Lda - Parceiro Certificado Autodesk para a Indústria.

quinta-feira, 14 de outubro de 2010

Autodesk disponibiliza Inventor LT para Portugal

A Autodesk disponibilizou finalmente para Portugal a versão LT do Autodesk Inventor 2011.
À semelhança do que já acontecia com o AutoCAD, o Autodesk Inventor passa agora a existir também numa versão simplificada e bastante acessível que certamente irá ao encontro das necessidades de muitas empresas e projectistas nacionais.


As funcionalidades da versão LT do Inventor são bastante interessantes, incluem todas as funções de modelação 3D para peças, desenhos técnicos, visualização fotorrealista e todos os tradutores da versão completa.

A seguinte tabela compara as funcionalidades do LT com as versões mais usuais da aplicação:

Features and CapabilitiesAutodesk®
Inventor™
LT
Autodesk®
Inventor™
Suite
Autodesk®
Inventor™
Professional
3D Part Modelingyesyesyes
Automated 2D Drawing Viewsyesyesyes
Automated 2D Drawing Updatesyesyesyes
Copy and Paste from AutoCAD® Softwareyesyesyes
DWG Interoperability (DWG™ TrueConnect)yesyesyes
Neutral 3D Multi-CAD Import/Exportyesyesyes
Native 3D Multi-CAD Translationyesyes*yes*
Photorealistic Renderings (Inventor Studio)yesyesyes
DWF™ Publishing and “Roundtrip”yesyesyes
Electronic Review Process (Autodesk® Design Review)yesyesyes
3D Assembly Modelingno yesyes
Sheet Metal Designno yesyes
Standard Parts Library (Content Center)no yesyes
Dynamic Simulationno no yes
Stress Analysis (Finite Element Analysis)no no yes
Tube and Pipe Designno no yes
Cable and Wire Harness Designno no yes
Includes AutoCAD® Mechanicalno yesyes
Includes Autodesk® Vaultno yesyes
Customization and Third-Party Add-in Compatibilityno yesyes
Tutorials and Skill Buildersyesyesyes
Advanced Help Systemyesyesyes

Para mais informações consulte o espaço Inventor LT em http://www.autodesk.com/


O Autodesk Inventor LT é disponibilizado num pacote Suite que inclui o AutoCAD LT (mais informação)

M&M Engenharia Industrial, Lda - Parceiro Certificado Autodesk para a Indústria.

sexta-feira, 8 de outubro de 2010

Novidades do Autodesk Inventor 2011 - Dynamic Input

No Inventor 2011, a execução de Sketches está melhorada com as capacidades de Input dinâmico . Esta funcionalidade permite digitar dimensões à medida que se vão traçando linhas, arcos, círculos, rectângulos, etc. A execução de um Sketch torna-se assim mais rápida e fluida.

Para desenhar uma linha, por exemplo, começa-se por clicar em 'Line'. Ao mover o cursor pelo ambiente de trabalho podemos ver que são apresentadas as coordenadas do seu posicionamento. Para definir as coordenadas do ponto de início da linha pressionamos a tecla 'Tab' e introduzimos valores numéricos, a mesma tecla deve ser utilizada quando pretendemos introduzir valores nos vários campos disponíveis.

Na definição de ângulos, o software inclusivamente gera linhas auxiliares para aplicação das dimensões.

Esta forma de dimensionar Sketches é herdada do AutoCAD, no entanto continua a ser possível utilizar o processo clássico de dimensionamento do Inventor, bastando para tal que não se introduza qualquer valor aquando da criação das geometrias.
video

Análise de tensões no Autodesk Inventor (4)

No caso apresentado, pretendia-se analisar uma mola de suspensão de lâminas parabólicas. Pretendia-se determinar dados como: a carga máxima a que a mola poderia ser sujeita sem entrar em deformação plástica, a amplitude de trabalho da mola, etc.


Para a modelação do conjunto utilizou-se um desenho do fabricante em formato .dwg.

O desenho foi importado para o ambiente 'Sketch', foram executadas as operações de modelação de cada peça (extrusões e 'Fillets' simples), posteriormente foi construído o conjunto.



Uma vez que o material pretendido (Aço Mola 50CRV4) não fazia parte da lista de materiais do Inventor, criou-se um novo material introduzindo-se as propriedades físicas necessárias.


No ambiente de análise FEA, criou-se uma nova simulação do tipo 'Static Analisys'. Uma vez que neste caso, todas as peças do conjunto deslizam e interagem entre si, seleccionou-se a opção 'Sliding/No Separation' no campo 'Contacts' - 'Default Type'.

Para simular o cenário de funcionamento deste produto aplicaram-se três 'Constraints': Uma 'Constraint' do tipo 'Pin' no olhal da mola, uma do tipo 'Frictionless' na na zona de apoio da lâmina superior e finalmente outra 'Constraint' do tipo 'Frictionless' na parte lateral de todas as lâminas, simplesmente para evitar que hajam deslocamentos laterais no resultado final.

A carga aplicada foi de 150 000 N na parte inferior da mola. Os resultados podem ser vistos no vídeo seguinte:

video

Novidades do Autodesk Inventor 2011 - Função iCopy

É normal um projecto incorporar várias cópias de um elemento comum que apenas difere no dimensionamento para se ajustar às peças às quais é agregado. É o exemplo da estrutura de suporte de um transportador, ou de uma escada.

O Inventor 2011 prevê este tipo de situação e permite que se criem automaticamente cópias de conjuntos que se ajustam às peças adjacentes, esta nova função chama-se 'iCopy'. Nas versões anteriores do Inventor este tipo de construção teria que ser feito manualmente, constituindo um trabalho moroso e sujeito a erros.

À semelhança do 'iLogic', a tecnologia 'iCopy' foi durante algum tempo distribuída para teste a partir do site 'Autodesk Labs', actualmente está incluída na última versão do Autodesk Inventor.

A utilização da função 'iCopy' é bastante simples e permite grande produtividade.

Inicialmente é necessário criar uma peça base que será o esqueleto do componente 'iCopy'. Essa peça inicial é constituída apenas por linhas de 'Sketch' e planos.


Em contexto de criação de conjunto, insere-se a peça base e criam-se as vigas da estrutura recorrendo aos 'Sketches' e aos planos dessa peça. Cada viga é gerada pela extrusão de um 'Sketch' da peça base, entre os planos existentes na peça base (opção 'Between' no campo 'Extends' da caixa de diálogo 'Extrude').


Depois de criado e guardado este conjunto, tira-se a visibilidade da peça base e executa-se o comando 'iCopy Author'. Este comando está na área 'Author' do separador 'Manage'.


Na janela 'iCopy Author' indica-se qual a 'Layout part', que é a peça base que contém toda a informação necessária ao dimensionamento do conjunto. De seguida definem-se os pontos geométricos do conjunto que serão posteriormente ajustados à peças adjacentes, introduzem-se também designações que permitam identificar esses pontos. De seguida seleccionam-se opcionalmente parâmetros adicionais que se pretendam controlar, como a espessura das vigas, por exemplo. Finalmente, no separador 'Document' seleccionam-se os documentos que pretendemos que sejam copiados juntamente com o 'iCopy', estes ficheiros poderão ser os desenhos técnicos associados à peça ou conjunto a ser copiado (ficheiros .idw ou .dwg).

Depois de realizado este processo, pode observar-se que no 'Browser' de operações do conjunto aparece o item 'iCopy Definition'.

O procedimento de aplicação posterior de uma peça 'iCopy' num conjunto é igualmente simples. Em contexto de criação de conjunto, o comando 'iCopy' encontra-se na área 'Component' do separador 'Assemble'. Um conjunto para aplicação de um componente 'iCopy' deverá ter elementos como linhas de 'Sketch' ou arestas de peças que possam ser utilizadas para associação aos pontos definidos anteriormente. Pode aplicar-se apenas uma cópia do componente ou um 'Pattern' através de 'Splines', linhas ou arestas.

O procedimento pode ser visto no vídeo seguinte:

video